Modelo V em teste de software

Modelo V

Modelo V é um modelo SDLC altamente disciplinado que possui uma fase de testes paralela a cada fase de desenvolvimento. O modelo V é uma extensão do modelo cascata em que o desenvolvimento e o teste de software são executados de forma sequencial. É conhecido como Modelo de Validação ou Verificação.

v modelo

Termos-chave de engenharia de software:

SDLC: SDLC é Ciclo de Vida de Desenvolvimento de Software. É a sequência de atividades realizadas pelos Desenvolvedores para projetar e desenvolver software de alta qualidade.

STLC: STLC é Ciclo de Vida de Teste de Software. Consiste em uma série de atividades realizadas por Testadores metodologicamente para testar seu produto de software.

Modelo Cachoeira: O modelo em cascata é um modelo sequencial dividido em diferentes fases da atividade de desenvolvimento de software. Cada etapa é projetada para a realização de uma atividade específica. A fase de testes no modelo cascata começa somente após a implementação do sistema.

Vídeo para entender o Modelo V em Engenharia de Software

Clique SUA PARTICIPAÇÃO FAZ A DIFERENÇA se o vídeo não estiver acessível

Exemplo para compreender o modelo V

Suponha que você receba uma tarefa para desenvolver um software personalizado para um cliente. Agora, independentemente da sua formação técnica, tente adivinhar a sequência de etapas que você seguirá para realizar a tarefa.

Exemplo para compreender o modelo V

A sequência correta seria.

Fases de Desenvolvimento de Software Atividades realizadas em cada etapa
Etapa de coleta de requisitos Reúna o máximo de informações possível sobre otails e especificações do software desejado do cliente. Isso nada mais é do que a fase de coleta de requisitos.
Estágio de Design Planeje a linguagem de programação como Java, PHP, .líquido; banco de dados como Oracle, MySQL, etc. O que seria adequado para o projeto, também algumas funções de alto nível e archiarquitetura.
Estágio de construção Após a fase de design, vem a fase de construção, que nada mais é do que codificar o software
Estágio de teste Em seguida, você testa o software para verificar se ele foi construído de acordo com as especificações fornecidas pelo cliente.
Estágio de implantação Implante o aplicativo no respectivo ambiente
Estágio de manutenção Quando seu sistema estiver pronto para uso, pode ser necessário alterar o código later conforme solicitação do cliente

Todos esses níveis constituem o método cascata da ciclo de vida de desenvolvimento de software.

Problema com o modelo em cascata

Como você pode observar, que o teste no modelo começa somente após a conclusão da implementação.

Mas se você estiver trabalhando em um projeto grande, onde os sistemas estão conectadosplex, é fácil perder a chave details na própria fase de requisitos. Nesses casos, um produto totalmente errado será entregue ao cliente e você poderá ter que recomeçar o projeto OU se conseguir anotar os requisitos corretamente, mas cometer erros graves no design e archiestrutura do seu software, você terá que redesenhar todo o software para corrigir o erro.

Avaliações de milhares de projetos mostraram que os defeitos introduzidos durante os requisitos e o projeto representam quase metade do número total de defeitos.

Problema com o modelo em cascata

Também o os custos de correção de um defeito aumentam ao longo do ciclo de vida de desenvolvimento. Quanto mais cedo no ciclo de vida um defeito for detectado, mais barato será corrigi-lo. Como se costuma dizer: “Um ponto a tempo salva nove”.

Solução: O Modelo V

Para responder a esta preocupação, o modelo V de teste foi desenvolvido onde para cada fase, no ciclo de vida de Desenvolvimento há uma fase de Teste correspondente

Solução: O Modelo V

  • O lado esquerdo do modelo é o Ciclo de Vida de Desenvolvimento de Software – SDLC
  • O lado direito do modelo é o Ciclo de Vida de Teste de Software – STLC
  • A figura inteira parece um V, daí o nome V – modelo

Além do modelo V, existem modelos de desenvolvimento iterativo, onde o desenvolvimento é realizado em fases, com cada fase adicionando uma funcionalidade ao software. Cada fase compreende seu conjunto independente de atividades de desenvolvimento e teste.

Bons exemplos de ciclos de vida de desenvolvimento a seguirwing método iterativo são Desenvolvimento Rápido de Aplicativos, Desenvolvimento Ágil

Conclusão

Existem vários modelos de ciclo de vida de desenvolvimento. O modelo de desenvolvimento selecionado para um projeto depende dos objetivos e objetivos desse projeto.

  • O teste não é uma atividade autônoma e deve adaptar o modelo de desenvolvimento escolhido para o projeto.
  • Em qualquer modelo, os testes devem ser realizados em todos os níveis, ou seja, desde os requisitos até a manutenção.