Como hackear uma conta do Telegram

Os casos de hacking de telegramas têm aumentado ultimamente. A empresa é uma das plataformas de mensagens sociais mais confiáveis ​​e seguras do mundo. Em 2022, os usuários do Telegram totalizavam 700 milhões em todo o mundo.

O hacking do Telegram pode ser motivado por vários motivos, como investigações policiais, monitoramento dos pais, segurança da empresa, recuperação da própria conta e rastreamento de um cônjuge traidor. Em cada caso, o objetivo é acessar conversas ou dados para diversos fins, que vão desde segurança pública até preocupações pessoais.
Leia mais ...

Método 1: como hackear o Telegram no Android e iOS

mSpy fornecer insights abrangentes sobre os telefones de destino. Atividades do Telegram. Você terá acesso a todas as mensagens recebidas, enviadas e até mesmo excluídas do Telegram de qualquer contato, juntamente com registros de chamadas recebidas e efetuadas, listas de contatos, fotos, vídeos, anexos e outros arquivos de mídia.

mSpy funciona em modo furtivo, garantindo que suas ações permaneçam completamente indetectáveis. Não haverá nenhum ícone de aplicativo visível, okwing você monitore as atividades do alvo de forma discreta e eficaz.

hackear Telegram no Android e iOS

Características:

  • Oferece carimbos de data e hora precisos do bate-papo do Telegram etails para cada ação
  • Suporta todos os dispositivos iPhone, iPad e Android.
  • Acompanhe o histórico de geolocalização.
  • Rastreie conteúdo em plataformas de mídia social, incluindo Twitter, bate-papos e postagens.
  • Monitore as teclas digitadas para descobrir e controlar senhas.

Aqui estão os passos para hackear o Telegram com mSpy

Passo 1) ir para mSpy.com e crie sua conta inserindo seu email endereço. Adquira um plano adequado.

Como hackear o Telegram

Passo 2) Selecione o tipo de sistema operacional móvel que você deseja monitorar (dispositivos Android ou iOS). Para esta demonstração, selecionamos o dispositivo Android.

Como hackear o Telegram

Passo 3) Em seguida, escolha o fabricante do dispositivo de destino

Como hackear o Telegram

Passo 4) Baixe o aplicativo no celular do seu alvo. Siga as instruções na tela e configure mSpy.

Passo 5) Abra o mSpy Painel. Aguarde de 2 a 3 horas para que o aplicativo registre as atividades do alvo.

Como hackear o Telegram

Passo 5) Vá para as Redes de Mídia Social e selecione Aplicativos Telegram e navegue até o setor de espionagem Telegram do espião.

Como hackear o Telegram

Passo 6) Selecione os usuários Clara Lewis. Você encontrará a conta do telegrama dela details.

Como hackear o Telegram

Visite a mSpy >>

Garantia de devolução do dinheiro em 14 dias

Método 2: usando o Telegram Web

Você pode hackear uma conta do Telegram usando uma versão web de sua plataforma para fornecer acesso rápido à sua conta sem precisar instalar o aplicativo.

O aplicativo também envia um código para dispositivos já logados como método de verificação em duas etapas.

Como hackear o Telegram

Embora esta versão web ofereça acesso fácil, ela também representa uma ameaça à segurança. Contas do Telegram registradas em navegadores públicos ou não confiáveis ​​permitem que o hacker opere como proprietário.

Passo 1) Para hackear uma conta logada do Telegram Web, verifique o botão de menu e abra as configurações.

Como hackear o Telegram

Passo 2) No menu de configurações, você verá as informações da conta, incluindo o número de telefone registrado e nome de usuário.

Passo 3) Faça login em um navegador ou dispositivo separado sem sair da conta de destino.

Como hackear o Telegram

Passo 4) Você verá uma janela pop-up solicitando a confirmação do número. Depois de confirmar, clique em OK.

Neste ponto, o Telegram irá gerar um código para a conta do usuário.

Como hackear o Telegram

Passo 5) Depois de inserir o código, você poderá fazer login, comunicar-se e operar como proprietário.

Como hackear o Telegram

Nota: Este método depende de o proprietário não definir um método de verificação em duas etapas. Para hackear, você precisaria saber a senha deles.

Método 3: hackear conta do Telegram no iPhone/iPad usando arquivos de backup

Com o iCloud dados de backup do aplicativo, um hacker pode obter privilégios de usuário do Telegram. iOS faz backup dos dados do seu aplicativo em iCloud para tornar mais fácil continuar de onde parou antes de restaurar seu dispositivo.

Este método, no entanto, depende em grande parte de ter o iCloud backup de arquivo ativado, o dispositivo Apple de destino em mãos e logins no destino iCloud conta.

O seguintewing etapas mostram como um invasor pode hackear o Telegram usando ferramentas como iCloud arquivos de backup.

Passo 1) Abra iTunes no computador da pessoa alvo. Você também pode fazer isso em seu próprio computador se tiver o usuário iCloud logins e dispositivo iOS

Nota: Depois de entrar, copie os arquivos de backup para uma unidade removível.

Passo 2) Conecte um dispositivo Apple não utilizado ao PC/Mac com as informações de backup usando um cabo elétrico.

Passo 3) Toque em resumo quando o seu PC/Mac reconhecer o telefone/tablet.

Passo 4) Escolha o backup que você copiou na lista de backups disponíveis e clique em “Restaurar backup”.

FAQ:

Você pode evitar ser vítima de um hacker do Telegram mantendo uma guia dos dispositivos anteriores conectados à sua conta. Isso pode ser feito desconectando-se de cada dispositivo em que você faz login depois de interromper seu uso.

Da mesma forma, você pode verificar no aplicativo Telegram/navegador do Telegram para sair das sessões que não está usando ativamente.

Hackear e espionar o Telegram messenger é ilegal e é considerado uma violação de privacidade para o caso do usuário. No entanto, situações específicas permitem a pirataria informática, incluindo para fins educativos, de segurança e monitorização de entes queridos, bem como para monitorizar as atividades online de menores.

Sim, mas apenas ao acessar registros recuperados em dispositivos iOS. Estes podem restaurar informações de backup de acordo com o último dispositivo confiável, e o acesso só é possível se o usuário tiver seu iCloud logins ou informações de backup.

O Telegram, como empresa, é conhecido por prevenir hackers, exigindo os códigos para cada tentativa de login bem-sucedida e integrando estritamente o processo de verificação em duas etapas.